Compre sua passagem

Compre sua passagem

Remarcação/Revalidação, Cancelamento e Validade do Bilhete

Compre sua passagem

Por favor, preencha os campos abaixo:

Instruções de Compra
X

Instruções de

Compra

Como efetuar uma consulta e optar pela compra

  1. Indique as localidades de origem e de destino e a data da viagem. Em seguida, clique em "Consulte";
  2. Escolha o horário de maior interesse clicando no número do serviço;
  3. Visualização do serviço: horário de partida, previsão de chegada, número do serviço e valor da passagem. Abaixo destas informações, você encontrará o mapa do carro, com todas as poltronas disponíveis;
  4. Após a escolha da(s) poltrona(s), clique em "Adicionar ao Carrinho";
  5. Na tela seguinte, você deve ler o "Aceite" e então será direcionado à página de Identificação ou Cadastro. Caso já possua um e-mail e senha cadastrados no site, informe-os para prosseguir com a compra. Se for seu primeiro acesso, clique em "CADASTRO" e preencha o formulário para obter a sua "Identificação";
  6. Após efetivar o cadastro, você entrará em uma tela para confirmação da reserva, escolhendo a opção de
  7. pagamento entre as bandeiras VISA e MASTERCARD;
  8. Você entrará no ambiente de segurança da operadora escolhida e irá registrar os dados do seu cartão,
  9. efetivando, desta forma, a compra online;
  10. Após a efetivação da operação, aguarde a visualização do “voucher” (comprovante de compra).

IMPORTANTE

  1. A tela da operadora não serve como comprovante para retirada do bilhete – AGUARDE A VISUALIZAÇÃO E EFETIVE A IMPRESSÃO DO VOUCHER.

Para comprar online

  1. Indique as localidades de origem e de destino e a data da viagem sem acentuar. Em seguida, clique em "Continue";
  2. Você será direcionado para o ambiente de vendas do grupo JCA. Escolha o horário de maior interesse clicando no campo de marcação do horário e serviço desejado;
  3. Todas as etapas, ficarão registradas no carrinho de compras, na lateral direita;
  4. Após a escolha do(s) horário(s), e clique em "Avançar";
  5. Clique na(s) poltrona(s) desejada(s), e clique em “Avançar”;
  6. Na tela seguinte, você deve preencher os campos com a identificação (Nome Completo e RG) de quem irá viajar;
  7. Na etapa de pagamento, você deverá escolher a bandeira do cartão de crédito, incluir os dados do titular do cartão e escolher a forma de parcelamento.
  8. Muito importante: SEMPRE COLOCAR O EMAIL DE QUEM RECEBERÁ A CONFIRMAÇÃO DE COMPRA.
  9. Ler o contrato de transporte rodoviário e clicar no box “Eu aceito a política de privacidade e com as condições gerais do contrato de transporte rodoviário”;
  10. Após finalizar a operação, aguarde a visualização do “voucher” (comprovante de compra).

IMPORTANTE

  1. A tela da operadora não serve como comprovante para retirada do bilhete – AGUARDE A VISUALIZAÇÃO E EFETIVE A IMPRESSÃO DO VOUCHER.
  2. A retirada do bilhete somente poderá ser feita em uma das agências próprias da empresa, em um terminal rodoviário

Fique atento!

VENDA DE PASSAGENS

  • O nome do passageiro deverá constar obrigatoriamente no bilhete de passagem no momento da compra.
  • A passagem é nominal, portanto, somente o passageiro que consta no bilhete poderá fazer a transferência para que outra pessoa viaje.

REMARCAÇÃO/REVALIDAÇÃO DE PASSAGENS

  • FEDERAL:

1 – Dentro do prazo de validade³ e mediante a apresentação do Bilhete de Passagem e de Embarque, os bilhetes com data e horário marcados poderão ser remarcados, para utilização na mesma linha, seção e sentido. O passageiro pode optar por serviço em veículo de categoria diversa do originalmente contratado, arcando com as diferenças dos valores de tarifa, no caso de serviço em veículo de categoria superior ou tendo direito a restituição das diferenças de preço, no caso de serviço em veículo de categoria inferior.

2 – A partir de 3 (três) horas antes do horário do início da viagem até a data de validade do bilhete, a transportadora efetuará a cobrança de 20% (vinte por cento) do valor da tarifa, a título de remarcação, e com entrega de recibo ao usuário.

³ Os Bilhetes de Passagem terão validade máxima de 01 (um) ano, a partir da data de sua primeira emissão, independentemente de estarem com data e horário marcados.

  • ESTADUAL:

1 – Será aceita a revalidação do bilhete de passagem, para outro dia e horário, desde que o cliente realize a comunicação à transportadora com 3 (três) horas de antecedência em relação ao horário de partida do ônibus.

CANCELAMENTO DE PASSAGENS

  • FEDERAL

1 – Até 03 (três) horas antes do horário previsto da partida do ônibus, o cliente poderá solicitar o cancelamento da passagem com o reembolso do valor. Haverá a retenção de 5% do valor da tarifa, a título de multa compensatória (§ 5º¹, do art. 13, da Resolução ANTT nº. 4.282, de 17 de fevereiro de 2014);

2 – O não comparecimento do passageiro para embarque ou a não declaração da vontade de desistir antes da configuração do embarque² acarretam a perda do direito ao reembolso, mantendo a validade do bilhete para fins de remarcação e/ou transferência por até 01 (um) ano, a partir da data de sua primeira emissão.

¹ § 5º Faculta-se às transportadoras, exclusivamente no caso de reembolso, reter até 5% (cinco por cento) sobre o valor da tarifa, a título de comissão de venda e multa compensatória, conforme o caso, e com entrega de recibo ao usuário.

² Considera-se configurado o embarque 3 (três) horas antes do horário do início da viagem constante do bilhete de passagem.

  • ESTADUAL

1 –  será aceita a desistência da viagem, com a obrigatória devolução da importância paga, desde que o cliente realize a comunicação à transportadora com 3 (três) horas de antecedência em relação ao horário de partida do ônibus.

2 – A partir do dia 06/03/2016 a Viação Cometa passará a cobrar de 5% (cinco por cento) de multa sobre o valor das passagens canceladas das linhas estaduais sob a jurisdição da ARTESP (Lei Federal 10.406/2002, Código Civil, artigo 740).

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL

DA VALIDADE DOS BILHETES DE PASSAGENS NO TRANSPORTE COLETIVO RODOVIÁRIO DE PASSAGEIROS (Lei Federal nº. 11.975, de 7 de julho de 2009¹)

“(…)

Art. 1o  – Os bilhetes de passagens adquiridos no transporte coletivo rodoviário de passageiros intermunicipal, interestadual e internacional terão validade de 1 (um) ano, a partir da data de sua emissão, independentemente de estarem com data e horários marcados. 

Parágrafo único.  Os bilhetes com data e horário marcados poderão, dentro do prazo de validade, ser remarcados. 

Art. 2o  – Antes de configurado o embarque, o passageiro terá direito ao reembolso do valor pago do bilhete, bastando para tanto a sua simples declaração de vontade. 

Parágrafo único.  Nos casos de solicitação de reembolso do valor pago do bilhete por desistência do usuário, a transportadora disporá de até 30 (trinta) dias, a partir da data do pedido, para efetivar a devolução. 

Art. 3o – Independentemente das penalidades administrativas determinadas pela autoridade rodoviária impostas à empresa autorizada, permissionária ou concessionária, em caso de atraso da partida do ponto inicial ou em uma das paradas previstas durante o percurso por mais de 1 (uma) hora, o transportador providenciará o embarque do passageiro em outra empresa que ofereça serviços equivalentes para o mesmo destino, se houver, ou restituirá, de imediato, se assim o passageiro optar, o valor do bilhete de passagem. 

Art. 4o – A empresa transportadora deverá organizar o sistema operacional de forma que, em caso de defeito, falha ou outro motivo de sua responsabilidade que interrompa ou atrase a viagem durante o seu curso, assegure continuidade à viagem num período máximo de 3 (três) horas após a interrupção. 

Parágrafo único.  Na impossibilidade de se cumprir o disposto no caput deste artigo, fica assegurada ao passageiro a devolução do valor do bilhete de passagem. 

Art. 5o – Durante a interrupção ou retardamento da viagem, a alimentação e a hospedagem, esta quando for o caso, dos passageiros correrão a expensas da transportadora. 

Art. 6o – Se, em qualquer das paradas previstas, a viagem for interrompida por iniciativa do passageiro, nenhum reembolso será devido pelo transportador. 

Art. 7o – Os bilhetes de passagens adquiridos com antecedência mínima de 7 (sete) dias da data da viagem poderão não ter horário de embarque definido. 

(…)”

¹ Lei nº. 11.975, de 7 de julho de 2009. Dispõe sobre a validade dos bilhetes de passagem no transporte coletivo rodoviário de passageiros e dá outras providências.